15 de março de 2013

Algo sobre beleza e autoestima


Aí, eu me pego pensando sobre como as pessoas conseguem ser vazias e, ao invés de tentar lutar contra essa tendência, se deixam levar pelo fluxo, inventando argumentos que incentivem uma tentativa besta de se preencher.

Outro dia, ouvi duas grandes amigas comentando sobre como estavam insatisfeitas com seus corpos e sobre como desejavam gastar o dinheiro que fosse pra “consertar” isso. Essas garotas queriam aumentar seus seios e praticamente podiam jurar que, colocando silicone, se sentiriam melhores com elas mesmas. Será que só se submetendo ao padrão de beleza atual, e ao que a mídia faz você engolir todos os dias, é que dá pra se sentir bem? O que é se sentir melhor? Sinceramente, eu não penso que elas se tornariam pessoas mais felizes depois de encarar esse processo (que não é simples assim). Primeiro, porque os motivos são extremamente fúteis (mesmo que elas insistam em afirmar o contrário) e, além disso, hoje em dia, poucas pessoas estão, de verdade, satisfeitas consigo mesmas no sentido estético da coisa. É sempre, e por todo lado, algo mais ou menos assim: “tenho um nariz estranho”,“to ficando gorda”, “sou muito magro”, “tenho orelhas tortas”, “quero ficar ‘bombado’”, “preciso de uns lábios mais grossos”, “meu cabelo é ruim”, até mesmo “preciso de uma tatuagem/piercing”, e um milhão de outras reclamações, infundadas. Sei bem que é difícil se controlar (e parar de se enganar), porque é difícil conseguir se amar com tanta gente buzinando no ouvido. É muita moda, padrão, propaganda enganosa, manipulação. Eu mesma já fiquei encanada, e por um bom tempo, por causa de vários “defeitos” meus e, sim, tenho “crises” de autoestima, mas não desisto de me questionar. Não desisto de me fazer lembrar que isso tudo é ridículo e que eu sou bonita, muito. Que eu sou, e sempre vou ser amada (e você também). 
Dá para mudar a aparência de mil jeitos, mas acontece que esse tipo de fraqueza em relação a si mesmo nunca vai fazer ninguém mais atraente/desejado e, muito menos, especial. Pelo contrário! Quando alguém não se aceita, dá pra reparar. 
Por isso, abre os olhos e vê que especial mesmo é ser confiante! Isso é raro e merece admiração. Espero que, em algum momento, todo mundo perceba o quanto é lindo, por dentro, claro, mas por fora também! Afinal, beleza não é algo com medidas definidas. É muito mais ter coragem de ser diferente e espalhar esse sentimento.

Escrevi esse texto porque fico muito triste quando penso sobre esse assunto. 

28 comentários:

  1. Se eu estivesse lendo esse texto na sua frente ficaria de pé para te aplaudir, sei que não quer ser jornalista como eu, mas esse texto se não tivesse no seu blog e eu lesse em outro lugar pensaria que fosse alguma jornalista famosa que escreveu.
    Como sempre com ideias formadas e fortes, defendendo a opinião com unhas e dentes (isso me lembrou alguém) rs
    Acho que não preciso dizer que concordo com você né?
    Todo mundo tem crises existências sim, de humor mas a estética não muda isso. O que muda é o que a gente é por dentro, o que a gente pensa e sente.
    Não vou me aprofundar se não vou escrever um texto.
    Beijos Dani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Ari, você sempre diz coisas lindas! =)
      Ser jornalista, por enquanto, não está nos meus planos mesmo, mas, nunca se sabe! É tanta coisa mudando! O importante é não perder a essência da coisa: escrever pela beleza da arte!

      Excluir
  2. Sou uma pessoa como você, que fica triste com as desigualdades, e achei o texto muito bem escrito, argumentativo, enfim, muito bom mesmo

    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário (: Que bom que gostou!

      Excluir
  3. _Beleza é ter coragem de ser diferente e espalhar esse sentimento! Uauu q linduuura!! Achei um mimo seu texto, inteligente, claro e não conclusivo a todos, esta é grande qualidade de quem escreve, não fechar atese, deixar quem lê tentar recriar, adorei, pra vc vai do tio Castanha bjos, bjos e bjosssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Oi Dani,

    pior que hoje é muito dificil achar uma mulher de bem consigo mesma, que seja confiante. É raro, por que todo mundo hoje vive de plásticas, e quem é gordinha e feliz fica sofrendo algum tipo de discriminação na sociedade, por que na sociedade em que vivemos você pode se aceitar do jeito que é, mas as pessoas não te aceitam então cria-se a padrão de beleza que todos temos que seguir rigorosamente senão somos os monstros, as horrorosas!

    Beijo querida, me visita de novo. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! É muito difícil não ser atingido por essa discriminação, mas, ainda assim, não dá pra ficar seguindo tudo como se tanta futilidade fizesse bem! É complicado, sempre penso sobre isso, porque eu mesma não sei como é se sentir confortável com essa história!
      Obrigada pela visita, pode ter certeza que vou visitar também (:

      Excluir
  5. Obrigada ♥.♥

    Uau! Amei seu texto, sério <3

    Instagram: ferdallan
    http://www.leferblog.com

    ResponderExcluir
  6. Concordo demais com você! Acho que a pessoa tem que aprender a se amar do jeito que ela é, independente do esteriótipo que a mídia dita! Mt bom o seu texto!!!

    Vem dá uma olhadinha no GB também, tá atualizado <3
    http://www.garotadabossa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita! e é isso, aprender a se amar é a coisa mais importante (:

      Excluir
  7. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  8. Daniella,
    fiquei muito feliz por ter chegado ao teu blog.
    Gosto de textos assim, que me fazem refletir, e me ajudam a encontrar respostas e novas perspectivas, novos critérios a serem avaliados.

    Eu sempre penso nesse assunto, travo sérios conflitos comigo mesma, e com opiniões alheias, mas sempre que penso, chego a conclusões semelhantes às suas:
    Confiança em si mesmo, em suas convicções, e no fato de que a beleza é efêmera se encarada apenas de fora.

    Um beijo.
    Passo a segui-la!
    Jhosy

    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi flor, já estou te seguindo também.
    Adorei seu blog viu ? beijos, fica com Deus.
    http://lendoeaprendendoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. super interessante o texto,
    uma leitura super agradável,

    gostei bastante dessa frase:
    "Por isso, abre os olhos e vê que especial mesmo é ser confiante! "
    concordo !

    belo post :)

    ResponderExcluir
  11. É muito fácil acreditar que você não é bonito quando os meios de comunicação e a sociedade em geral dizem que há algo de errado com seu corpo. Devemos nos aceitar, mas isso é um longo caminho para percorrer. Seu texto me fez lembrar do Projeto "The Nu Project" do fotografo Matt Blum que tem o proposito de fotografar mulheres que não são modelos, sem maquiagens, sem glamour e com seus corpos a vontade. É um projeto muito lindo. Aqui o link pra vc dá uma olhadinha depois, http://thenuproject.com/


    Ah, super obrigada pelo comentário e pela indicação da banda Arborea. Estou encantada com a dupla hehe *-*

    beijos de luz!!!

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pelo teu comentário!

    O desenho está lindo, parabéns *

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. seguindo seu blog tb e adorei ele ♥
    beijos

    http://paodequeijocomchocolate.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Obrigada ♥.♥

    Uau, amei o texto, super concordo <3

    Instagram: ferdallan
    http://www.leferblog.com

    ResponderExcluir
  15. A verdade Dani (posso te chamar assim? rs) é que as pessoas acham que com supérfluos, como plásticas sem necessidade ou roupas vão suprir o vazio que sentem dentro de si, afinal, é muito mais fácil tapar o sol com a peneira e fingir que os raios não estão queimando o rosto. É que é dolorido procurar dentro de nós a raiz das nossas inseguranças, dos nossos medos, das nossas fraquezas, ainda mais numa sociedade que nos pede que sejamos frios, que mostremos que somos fortes o tempo todo. É realmente muito triste ver as pessoas se apegando a esse tipo de coisa como uma "tábua de salvação". Não é a toa que a depressão é a doença do século, né?
    Queria dizer que gostei muito do seu blog, muito rico em conteúdo. Encontrei poucos assim pela blogosfera.
    Beijinhos

    Hipérboles
    @hiperbolismos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, super complicado tudo isso. Esse negócio de depressão... Às vezes essa pressão nos enfraquece a ponto de sentirmos que simplesmente não há mais em que nos apoiar.
      Obrigada pela opinião! (:

      Excluir
  16. Escrevi um comentário enorme e agora fiquei na dúvida se foi ou não...

    ResponderExcluir
  17. Isso também me deixa triste, quando vejo alguem falando essas coisas fico na duvidas se elas são furteis ou burras mesmo. É um ciclo vicioso hoje elas vão colocar silicone nos seios e amanhã vão encontrar outro "defeito" para terem mais coisas para reclamarem. As pessoas têm que entender que cada um tem a sua beleza, e que não importa como ela vai aparecer ao mundo o importante é que as pessoas certas precisam saber disso. Amei a sua frase final "Beleza é ter coragem de ser diferente e espalhar esse sentimento"

    Beijos, ameamai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Vim desejar-te uma linda semana!

    Abraços menina!

    http://www.portiprati.com/

    ResponderExcluir
  19. Oi lindona! Então, tu é linda mesmo! Dos dois lados, quer coisa melhor?
    Tô passando por uma crise comigo de achar que faço tudo errado, que sou feia, baranga, meu deus do céu. Mas passa, depois passa. A gente só não pode ficar se flagelando, se sentindo mosca, nada, porque não somos altas, loiras, magras e com o nariz direitinho como a gente queria. Não tenho vontade de fazer muitas modificações, embora alguns detalhes fossem me fazer mais feliz sim, mas o que me deixa realmente contente é saber que por dentro não sou um saco vazio, que eu tenho assunto, que eu não vivo apenas pra minha estética e que eu me importo (meu coração é bom, sim). E ler teu texto me fez abrir os olhos pra essas coisinhas. É difícil mesmo estar em desgosto com a nossa imagem, mas pior que isso é estar em crise com que a gente é por dentro.
    Um beijão, gosto muito de ti

    ResponderExcluir
  20. Muitooo bom.
    Parabéns pelo blog !

    Estou seguindo e indicando.
    Será um prazer sua opinião e presença em meu humilde blog:
    http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

    Beijos
    Caio

    ResponderExcluir

Críticas são sempre bem vindas, comentem a tragédia (ou não).